julho 14, 2024
Chicago 12, Melborne City, USA
Marketing Digital

Conhecendo sua audiência: desenvolvendo estratégias para o seu público

A criação de estratégias que dialogam com o público-alvo de uma empresa traz resultados mais promissores e lucrativos para o negócio

Todo negócio tem um público-alvo que engloba as pessoas que realmente se interessam e podem vir a se tornar clientes de determinado produto/serviço. 

Não adianta criar uma propaganda que alcance muita gente se a maioria não vai de fato consumir o que está ofertando. 

É por isso que a delimitação de um público-alvo é tão importante para o sucesso de um negócio. Quando se conhece a sua audiência, fica mais fácil criar estratégias de marketing que dialoguem com esse nicho. 

Assim, a chance da propaganda ser revertida em resultados positivos aumenta consideravelmente. 

O que é público-alvo? 

O público-alvo, como o próprio nome sugere, diz respeito a um grupo de pessoas que mais interessa a um determinado negócio. Com isso, cada empresa, por mais amplo que seja seu serviço/produto, tem sempre um nicho que corresponde ao seu cliente ideal. 

Uma loja de produtos hospitalares, por exemplo, tem os hospitais como foco. Já uma loja de roupas masculinas possui os homens como público-alvo. 

Dessa forma, o público-alvo engloba um grupo de pessoas com algumas características em comum que as tornam clientes em potencial de um negócio. São aqueles que realmente podem se sentir atraídos e, de fato, virem a consumir o que é oferecido por uma empresa. 

Entendendo os variados públicos 

Cada negócio possui o seu próprio público-alvo e ele é sempre variável de acordo com alguns fatores. Todas as lojas de roupa masculina têm como foco os homens, mas isso não é o suficiente para a definição do nicho. 

Alguns fatores como faixa-etária, localização, condição financeira, escolaridade e estilo de vida do cliente devem ser analisados na hora de definir o público-alvo.

Uma loja de roupas masculinas que promete vender peças sociais possui um nicho totalmente diferente de uma loja de roupas masculinas que oferece roupas para academia. 

No primeiro caso, o público-alvo normalmente consiste em homens de 40 a 50 anos que moram na parte mais nobre da cidade, trabalham na região que possui mais escritórios e possuem uma condição financeira mais abastada. 

Já o segundo caso pode englobar homens de 25 a 35 anos que frequentam academia, gostam de peças confortáveis para correr na esteira/praia e que preferem não gastar tanto em roupas que serão usadas apenas para exercícios. 

Dessa forma, é possível entender que, apesar de nos dois casos os nichos englobarem homens, cada um possui um direcionamento bem diferente. Ao entender que há uma variedade de público-alvo, fica mais fácil compreender qual corresponde a determinado negócio e, assim, criar estratégias que funcionem melhor para os clientes em potencial. 

Desenvolvimento de estratégias personalizadas

O marketing tem um papel fundamental para alcançar novos clientes e manter os antigos fiéis. Para que a comunicação seja positiva, é importante entender com quem se está falando. 

Cada público-alvo é formado por pessoas com determinadas características em comum. A chave para o sucesso é saber a melhor forma de dialogar com elas, usando linguagem e métodos que conversem bem. 

Se o público-alvo é formado por homens, é importante que o marketing seja voltado para meios de comunicação consumidos por eles. Uma revista feminina, por exemplo, não trará resultados positivos e ainda causará um gasto de dinheiro sem retornos para a empresa. 

Já uma revista masculina ou uma parceria com um perfil nas redes sociais com público majoritariamente masculino, por outro lado, traz ganhos bem mais relevantes. 

Para tornar a linguagem ainda mais direta e assertiva é importante entender ainda qual é o homem que vai realmente querer comprar o que está sendo oferecido. 

Para a loja de roupas sociais, vale a pena apostar em uma abordagem formal, polida e séria, porque é isso que os clientes que buscam esse tipo de produto estão querendo passar. 

Já para roupas esportivas, vale usar uma linguagem mais informal, chamativa e que exalte a importância do exercício físico, já que esse é o foco do cliente. 

As estratégias personalizadas vão além. Quem faz exercícios físicos todo dia costuma usar uma grande quantidade de roupas, já que elas ficam suadas após a atividade. 

Por isso, criar promoções do tipo ‘pague 1 leve 2’ também ajuda a atrair esse público-alvo, pois é interessante para ele ter mais peças. 

Testes e ajustes nas estratégias

Após identificar e criar estratégias voltadas para o público-alvo, é importante colocar tudo em prática. No mundo dos negócios, é fundamental sempre dar importância aos dados: se as vendas aumentaram, qual é o perfil do comprador, qual a faixa-etária de quem está comprando, por onde ficou sabendo do negócio… 

Esses números ajudarão a entender o que está funcionando e o que precisa ser ajustado. 

É comum que nos primeiros meses sejam necessários fazer alguns ajustes, já que trata-se de uma fase inicial em que as estratégias estão sendo testadas. 

Talvez seja necessário mudar determinadas abordagens e fazer pequenas alterações que ajudem a trazer resultados mais assertivos. 

Além disso, é essencial estar sempre realizando testes e análises das estratégias, mesmo que os números estejam altos. Os dados ajudam a prever se algum ponto pode ser melhorado ou se algo está trazendo gastos desnecessários. 

Vale ressaltar ainda que o negócio pode sofrer mudanças no público-alvo ao longo do tempo. Por isso, é extremamente importante estar dois passos à frente e estar sempre a par do comportamento do seu nicho e dos dados referentes ao próprio negócio. 

A chave para o sucesso é conhecer o seu público  

Entender quem é o público-alvo, aprender como ele se comunica e criar estratégias que sejam direcionadas diretamente para ele é a resposta de como chamar a atenção para o negócio. Cada empresa possui um nicho específico, mas nem todas sabem como dialogar com ele. 

Isso acaba gerando gastos desnecessários com estratégias ineficientes que podem até alcançar um grande número de pessoas, mas que não trarão lucro. 

Uma boa estratégia organizada a partir da análise minuciosa dos dados e com uma personalização para o público-alvo garante que os verdadeiros clientes em potencial sejam alcançados. 

Além do negócio se tornar conhecido pelas pessoas certas, as chances de elas realmente comprarem determinado produto/serviço serão muito maiores. 

Quem faz parte do público-alvo vai sentir que a empresa não está apenas tentando vender qualquer coisa, mas oferecer uma experiência que consiste exatamente naquilo que está procurando, garantindo reconhecimento no mercado e maiores lucros.

Leave feedback about this

  • Quality
  • Price
  • Service

PROS

+
Add Field

CONS

+
Add Field
Choose Image
Choose Video
X