junho 14, 2024
Chicago 12, Melborne City, USA
Guest post

Descubra o que causa e como diminuir a retenção de líquidos

O que causa a retenção de líquidos e como a alimentação pode te ajudar?

A retenção de líquido é um problema que pode afetar diversas pessoas, principalmente as mulheres e pode incomodar bastante por causa do inchaço no corpo.

Na ânsia de combater a retenção, muitas pessoas recorrem a diversas medidas, entre elas sucos diuréticos, e, muitas vezes, acabam não alcançando o objetivo esperado, que é reduzir o inchaço.

Por isso, além de procurar receitas para melhorar, é importante investigar as causas desse inchaço, avaliar os sintomas e procurar as melhores alternativas para o seu caso. Mas não se preocupe, é possível resolver esse problema adotando medidas simples!

Veja mais sobre ignite.

Sintomas da retenção de líquido

O principal sintoma da retenção de líquido é o inchaço que pode cometer os braços, pernas e abdômen. Esse inchaço, que também é chamado de edema, pode ser melhor visualizado quando você pressiona o seu dedo polegar na região acometida e percebe que fica uma marca branca por alguns segundos.

Outro sintoma comum é a sensação de peso repentino nos braços, nas pernas e no resto do corpo. Essa sensação é desconfortável, pode ser confundida com um cansaço e pode aparecer mesmo que você esteja mantendo a sua rotina de alimentação e exercícios.

Um terceiro sintoma é o ganho de peso, que é muito comum. Você nota a diferença de peso na balança, que é causado pelo aumento da quantidade de líquido no tecido e eliminado assim que o inchaço é tratado.

Sinais de alerta

Além dos sintomas mais comuns, que são o inchaço e sensação de peso, outros sintomas, que são sinais de alerta, podem aparecer e você deverá ficar atento. Será preciso procurar um médico o mais rápido possível quando:

  • a pele estiver muito vermelha e esticada no local, acompanhada de dor;
  • houver redução da urina: pode ocorrer alterações na produção de urina;
  • houver falta de ar: ocorre dificuldade do ar chegar aos pulmões;
  • houver formigamento: pode ser nas mãos, braços, pernas e pés;
  • houver dor no peito: esse é um sintoma preocupante e deve servir de alerta se acompanhado de um ou mais sintomas mencionados acima.

Quais são as causas da retenção de líquidos?

A principal retenção de líquidos é o excesso do uso de sal, um dos grandes vilões por ser rico em sódio, que segura a água no organismo. Por isso, é importante dosar o consumo, que é de 11 gramas por dia e diminuir a ingestão de alimentos industrializados, que contêm sal.

O calor também pode ajudar no aparecimento do inchaço, pois ele altera a pressão e permite o acúmulo de líquido nos tecidos. Por isso, é importante tentar esfriar o ambiente e colocar as pernas para cima, durante 15 a 20 minutos.

As mulheres têm uma predisposição natural para o inchaço, que é evidente no período menstrual. Mulheres grávidas também podem sofrer com a retenção de líquidos, pois é uma fase de várias alterações hormonais para prover liquido suficiente na gestação do bebê. 

Além disso, fatores como sedentarismo, consumo excessivo de álcool e cigarro, alterações vasculares, como varizes e remédios podem estar associados à formação do edema.

Alimentos recomendados para diminuir a retenção de líquidos

O que você come influencia diretamente na redução da retenção de líquidos. Para melhorar os resultados, você poderá associar uma dieta balanceada com maior consumo de água, exercícios físicos, evitar alimentos ultraprocessados e ricos em sódio e evitar bebidas alcoólicas. Entre os alimentos indicados para redução do inchaço, temos:

  • melancia: estimula a produção de urina e é rica em antioxidantes e minerais;
  • pepino: é um alimento diurético, que elimina o excesso de ácido úrico do corpo;
  • abacaxi: ajuda no bom funcionamento do sistema digestório e urinário;
  • beringela: a água extraída da beringela estimula a produção de urina e ajuda na absorção da gordura;
  • abacate: rico em potássio, ajuda a reduzir a quantidade de sódio que é absorvida no organismo;
  • banana: também é rica em potássio e neutraliza os efeitos do excesso de sódio na dieta;
  • cúrcuma: é anti-inflamatório, estimula o sistema circulatório e reduz o inchaço;
  • gengibre: tem propriedades diuréticas e também atua no sistema circulatório;
  • aveia: ajuda no bom funcionamento do intestino e previne a retenção de líquidos;
  • tomate: é um alimento rico em potássio, dessa forma, ajuda a reduzir o inchaço.

Leave feedback about this

  • Quality
  • Price
  • Service

PROS

+
Add Field

CONS

+
Add Field
Choose Image
Choose Video
X